Viver com insuficiência renal A vida está a muda

Quick Finder de produto

Escolher uma categoria ou subcategoria

Considerações gerais e qualidade de vida

Depois de todos os passos importantes após o diagnóstico terem sido atendidos, vai habituar-se à vida com diálise. À medida que os sentimentos iniciais de confusão e medo acabam, é hora de assumir o controlo da sua vida novamente. Com insuficiência renal crónica em particular, é importante observar atentamente a sua rotina diária: O que eu quero fazer? Quais os desafios que tenho que enfrentar e quais são as minhas prioridades na vida? E além disso, como posso organizar-me para poder atingir os meus objetivos? Muitos doentes sentem-se cansados após uma sessão de diálise. Descanse durante o resto do dia. Normalmente, terá a sua energia de volta no dia seguinte. Depois de consultar o seu médico, pode praticar desporto, como ginástica, caminhadas, ciclismo e natação, em dias sem diálise. De fato, pode fazer qualquer coisa que o faça se sentir bem. Os desportos são muito benéficos; atividade física estimula o seu metabolismo e circulação. A área seguinte responde às perguntas mais frequentes sobre a vida quotidiana com insuficiência renal.

Horário e plano de tratamentos

Para a maioria dos doentes renais, o tratamento irá mudar o plano da vida diária. Com insuficiência renal em particular, é útil dar uma vista de olhos na sua rotina diária e semanal. Os doentes que se submetem ao tratamento de diálise, propositadamente otimizam a sua agenda para fazer melhor utilização de seu tempo. Muitos centros de cuidados renais disponibilizam turnos noturnos para os doentes que trabalham durante o dia. Viagens mais longas podem ser organizadas com antecedência para permitir umas férias saudáveis e relaxantes. A diálise precisa de continuidade para mantê-lo saudável, mas existe sempre uma margem de flexibilidade para se ajustar à sua vida. O mais importante de tudo é que o tempo e a energia se tornarão muito mais importantes para si do que antes. Considere especificamente: que coisas na vida que são importantes para mim? O que me faz sentir feliz e satisfeito? Defina as suas prioridades e organize a sua vida de acordo com elas. Uma programação regular irá mantê-lo forte e ajudá-lo a permanecer ativo. É essencial desenvolver a confiança no seu ambiente e na moderna terapia de substituição renal. Saiba mais sobre a gestão de tempo com sucesso aqui.

Como organizar a sua vida

Analise cuidadosamente o que significa para si qualidade de vida. Ao mesmo tempo, observe os aspetos particulares da vida e avalie o que é importante para si: comida e bebida, exercícios e exercício físico, viagens e férias, relações, autodeterminação e flexibilidade, contatos sociais e trabalho, etc. Um sentimento positivo começará a surgir certamente assim que definir os seus critérios pessoais de qualidade de vida.

Importante considerar

Vida social

Lembre-se quais os seus anteriores papéis na vida, por ex. como esposa, marido, pai, amigo ou especialista na sua profissão particular, ainda estão lá e continuam a ser importantes. Faça um esforço consciente para cuidar deles.

Atividades

Mantenha os seus hobbies e a sua vida quotidiana. Também é possível envolver-se em desportos. Apenas consulte o seu médico antes de participar em qualquer desporto.

Escolhas saudáveis

Existem muitas coisas que pode fazer para se manter saudável. Certifique-se que toma a sua medicação conforme prescrito. Siga também os conselhos sobre alimentos e alimentação. Há muitos pratos que são saudáveis e saborosos.

Frustrações

Muitos doentes com doença crónica passam por fases difíceis, geralmente no início de sua doença, assim como no decorrer. Embora algumas pessoas possam mobilizar a sua energia e resolver a situação por si, muitas pessoas precisam de apoio.

Apoio

Lembre-se: a sua família, amigos e a equipa do seu centro de cuidado renal estão sempre disponíveis e livres para si se precisar de ajuda. Esteja em contato próximo - eles irão apoiá-lo e aconselhá-lo. Além disso, aproveite as oportunidades para entrar em contato com outras pessoas na mesma situação, por exemplo, em grupos de autoajuda ou em associações de doentes.

Diálise e estilos de vida saudável

Além da terapia médica, um estilo de vida saudável é essencial para mante-lo saudável e preservar o seu bem-estar geral. Um estilo de vida saudável envolve uma ampla gama de fatores que, juntos, permitem que viva a sua vida ao máximo, tanto física como psicologicamente. Vida saudável, por exemplo, inclui atividades com amigos e familiares, comer os alimentos certos e fazer exercício sempre que possível. Qual a dieta ou o exercício físico ideal para si depende de vários fatores, como as suas preferências, o nível da insuficiência renal ou o tipo de tratamento que está a fazer. É importante estar consciente das suas escolhas de estilo de vida e optar pelas que irão permitir que se sinta melhor.

Fitness e diálise 

O exercício é o melhor remédio! E o mesmo também se aplica a pessoas com insuficiência renal. O exercício regular não só permite que aproveite mais a vida, mas também melhora a pressão sanguínea, o metabolismo e geralmente ajuda a manter também um peso ideal. A equipa do centro de cuidado renal está preparada para ajudar com dicas úteis sobre como manter a forma, mesmo com exercícios simples que pode fazer durante a diálise. A atividade física na forma de caminhadas regulares ou outros desportos devem tornar-se uma parte da rotina diária. Apenas consulte a sua equipa de saúde antes de iniciar novas atividades.

Alimentação e nutrição

Estudos demonstram que comer os alimentos certos pode desempenhar um papel importante na proteção e manutenção de muitos dos sistemas vitais do corpo. Para doentes em diálise, isso é ainda mais importante. Uma dieta saudável é realmente essencial para si como doente em diálise. Mas isso não significa que a sua dieta deve ser aborrecida. Ainda há muitos alimentos saborosos que podem ser incluídos no menu. Como os seus rins não funcionam com a capacidade total, pode precisar de ter cuidado com certos alimentos, mas a sua equipa de saúde irá aconselhá-lo sobre como lidar com essas questões. Provavelmente também terá que restringir a quantidade de líquidos que bebe para se sentir bem e gerir o seu tratamento de diálise com sucesso.

Nutrição e fitness

Questões frequentes: viver com diálise

Questões frequentes

A doença renal não afeta a sua capacidade de conduzir. No entanto, se sofrer de problemas cardíacos, visão afectada devido à doença ou se sentir mal após o tratamento, consulte o seu médico.

A sua saúde geral irá beneficiar do exercício regular. Muitas pessoas com doença renal crónica dizem que o exercício foi a chave para as ajudar a sentirem uma vida normal novamente depois de começarem os tratamentos de diálise. Antes de iniciar qualquer programa de exercícios, consulte o seu médico para validação, para que ele possa determinar o tipo de exercício adequado para si. O plano de exercícios deve responder às suas necessidades e interesses especiais. Aprenda como o exercício pode ajudá-lo a se sentir melhor fisicamente e ter mais controlo sobre as suas emoções.

Claro que pode fazer exercício. Agora isso depende de como está apto e do que conseguiu fazer antes de precisar de diálise. Se nunca correu uma maratona antes, é improvável que seja capaz de fazer uma agora! Mas qualquer tipo de exercício, por mais leve que seja, fará com que se sinta melhor e ajudará a mantê-lo saudável. Investigações demonstraram que um plano de exercícios regulares, mesmo que seja limitado, não apenas o torna mais apto, mas também melhora a sua qualidade de vida em geral.

Isso depende do que foi capaz de fazer antes de precisar de diálise. Mas o primeiro ponto de partida é discutir essa questão com a sua equipa de cuidados e também para começar aos poucos. Caminhar, nadar e andar de bicicleta são todos muito bons para ajudar a mantê-lo em forma. Algumas pessoas também consideram que aulas de ioga são muito úteis. Existem muitas opções disponíveis para si. Procure comunidades locais que possa participar e não se esqueça de perguntar à sua Associação de Doentes Renais.

Caminhar, por exemplo, é indicado para:

  • Ajudar na digestão
  • Aumentar os níveis de energia
  • Reduzir os niveis de colesterol
  • Ajudar a controlar a pressão arterial e o açúcar no sangue
  • Diminuir o risco de doença cardíaca
  • Ajudar a dormir melhor
  • Ajudar a diminuir o stress 

Estudos demonstraram que fumar é prejudicial. Fumar provoca uma pressão sobre o coração e vasos sanguíneos. Se está a fazer diálise, então deve parar de fumar.

As alterações físicas e emocionais provocadas por doenças crónicas também podem afetar a sua vida sexual. Apetite e atividade sexual podem ser reduzidos como resultado. Os homens podem sentir impotência no início do tratamento de diálise. Converse com o seu médico sobre isso. Estes problemas geralmente podem ser facilmente resolvidos ajustando a sua medicação. As mulheres geralmente podem ter filhos, apesar da doença renal. No entanto, uma avaliação cuidadosa dos riscos e uma estreita coordenação com o seu médico são essenciais.

Estar em diálise não significa automaticamente que deve parar de trabalhar. Muitos doentes com doença renal crónica trabalham a tempo inteiro ou parcial. Se o seu médico concordar e se sentir bem o suficiente, deve continuar a trabalhar. Na maioria, o seu plano de tratamento pode ser adaptado às suas necessidades.

Em geral, pode continuar a estudar. Por favor, discuta as suas necessidades com a equipa de diálise e eles tentarão ajustar as suas sessões de diálise de acordo com o seu plano de estudo.

Infelizmente, sentimentos de depressão e ansiedade são comuns nos doentes de diálise. Muitos doentes experimentam mudanças de humor quando iniciam a diálise, com a qual você e a sua família podem, às vezes, encontrar dificuldades em lidar. Uma das coisas mais úteis que pode fazer é entender que estes sentimentos são reais e precisam de ser partilhados. Não precisa de lidar com isto sozinho. Aproxime-se da sua equipa de tratamento e fale sobre a sua ansiedade pois pode ajudá-lo. Algumas pessoas também acham útil conversar com outros doentes e saber como lidaram. Também pode contactar a Associação de Doentes Renais. Expressar os seus sentimentos é saudável e importante para que a sua família também possa ajudá-lo. Lembre-se, uma doença crónica, como insuficiência renal, afeta-o tanto a si quanto aos seus entes queridos. Mas não tenha raiva ou faça com que eles se sintam culpados pela sua doença. Converse com a sua equipa de tratamento. Há muita ajuda que eles podem te dar. É importante que encontre uma maneira de lidar com as dificuldades da diálise, de modo que possa levar uma vida plena fora da diálise.

O centro de cuidados renais terá sempre a equipa de enfermagem e médico qualificado com quem pode falar sobre as suas preocupações. Também terá contacto com os assistentes sociais, psicólogos e nutricionistas, se tiver necessidades mais específicas. Existem grupos de autoajuda disponíveis. Todos os colaboradores têm muita experiência e poderão ouvi-lo e ajudá-lo. Existem milhares de doentes que passaram com sucesso pelos difíceis níveis iniciais da insuficiência renal. O importante é relembrar que não precisa de lidar com isto sozinho.

Em princípio sim. Os centros de cuidados renais da B. Braun estão localizados em quase todas as partes do mundo. Os colaboradores do seu centro local podem ajudá-lo a fazer os preparativos. O tratamento no seu centro de férias será conduzido como habitual. Informe a sua equipa com antecedência. Desta forma, a B. Braun pode preparar todos os pormenores para si e o seu centro de férias.

Material informativo para doentes e familiares