7 dicas para viver saudável com insuficiência renal

Quick Finder de produto

Escolher uma categoria ou subcategoria

Você e a medicina moderna

Medicina moderna, tratamentos de diálise e medicação são apenas uma parte do lidar com a doença e de ter uma vida ativa. Muitos doentes querem saber o que podem fazer para melhorar a sua saúde e bem-estar.  

1) Vida social

Lembre-se que o seu papel enquanto mulher, marido, pai/mãe, amigo ou profissional continua a existir e é muito importante. Faça um esforço para continuar a desempenhá-lo.

2) Desportos & atividades

Mantenha os seus hobbies e a sua vida diária. É também importante que comece a praticar desporto. O exercício físico contribui, de forma significativa,  para manter uma vida normal. Consulte o seu médico antes de iniciar qualquer desporto.

 

 

3) Comer & beber

É essencial que siga uma dieta equilibrada para o seu bem estar e para evitar complicações futuras. O seu médico e o seu dietista vão ajudá-lo a perceber quais os alimentos que são bons para si. Há imensas receitas que são saudáveis e saborosas. 

4) Fim de semana

Tenha um pouco mais de cuidado com o que come e com a quantidade de líquidos que ingere durante o fim de semana, dado que o intervalo até à próxima sessão de hemodiálise é de mais um dia.  É pois mais provável exceder os limites saudáveis. 

5) Fumar

Não é nenhum segredo: Fumar prejudica a sua saúde. Esta afirmação é particularmente verdadeira para quem tem doença renal, uma vez que fumar provoca uma pressão no coração e nas artérias. Se ainda fuma, agora é o momento certo para deixar de o fazer. A sua equipa de hemodiálise vai ajudá-lo a ser bem sucedido.  

6) Frustrações & apoio

Muitos doentes com insuficiência renal passam por fases difíceis. Lembre-se sempre: A sua família, amigos, assim como todo o pessoal no seu centro de hemodiálise, estão lá para si, caso necessite de apoio. Para além disso, há sempre a possibilidade de integrar grupos de ajuda ou comunidades de doentes. Nunca estará sózinho.  

7) Comunicar

É importante para a sua saúde - quer mental, quer física - que fale abertamente com os profissionais de saúde que o acompanham. O seu médico e a equipa de enfermagem desejam apenas o melhor para si. Não receie perguntar. Irão ajudá-lo o melhor que sabem e o melhor que podem.